...ao vivo e enlatado

A ideia revolucionária de fazer um CD ao vivo surgiu, desde logo, quando nos apercebemos de que alguém, acidentalmente, havia gravado o espectáculo de lançamento do nosso primeiro trabalho! Com esta ideia surgiu também um problema: é que, entretanto, a veia criativa havia produzido novas músicas que não estavam gravadas! Eis que surge uma nova ideia revolucionária: gravar outra actuação ao vivo com os novos temas! Brilhante! E assim foi... após inúmeras actuações, num festival da Semana Académica, surgiu a oportunidade de gravar a actuação que faltava! A partir daqui faltava apenas apresentar os Tunídeos, com a sua textura uniforme e o seu agradável paladar, tudo isto disponível de uma forma duradoura! Como fazê-lo?! Era preciso a derradeira ideia revolucionária!!! Era isso: vamos ENTALÁ-LO! Ooooopss!!! Queríamos dizer ENLATÁ-LO!!! Pois é! Foi assim que surgiu o nosso segundo trabalho “Tunídeos.... ao vivo e enlatado”, depois de duas actuações gravadas ao vivo e um longo período de pós produção.

...ao vivo e enlatado 

1. Corrido das Ilhas
2. Hino às Toninhas
3. Viva a Vinha
4. Tango Baleia
5. Pesadelo dos Caloiros
6. Tuna com Elas
7. Morrer de Amores por Ti
8. Chama o Gregório
9. Hino dos Tunídeos
10. Valsa
11. Celta
12. Bar da U.A.
13. São Jorge
14. El Açor passa-se
15. Serenata ao Luar
16. Cidade de Ponta Delgada
17. Rua da Saudade
18. Vingança da Mulher dos Tremoços
19. Depois do Até Já...