Pesadelo dos Caloiros
Música e Letra: João Gregório, José Carlos Ferreira, Sérgio Ávila

Eu sonhei com um caloiro
Muito gordo e rechonchudo
OINC OINC

Ele chafurdava na lama
OINC OINC OINC OINC
Aquele focinhudo

Eu sonhei com uma caloira
Que era magrinha e delgada
OINC OINC

Era porca não humana
OINC OINC OINC OINC
Boa prá facada

CORO DE PORCOS

A morte do focinhudo
Foi terrível e violenta
OINC OINC

Enfiaram-lhe a faca
OINC OINC OINC OINC
Abaixo da venta

E para a porca magrinha
Vieram todos os meus manos
OINC OINC

Foi antes da lua cheia
OINC OINC OINC OINC
Foi mesmo no ânus

CORO DE PORCOS

Acordei estremunhado
Co'a lembrança do focinhudo
OINC OINC

Já quanto à delgadinha
OINC OINC OINC OINC
Repetia tudo