Tuna Com Elas

 
 
A TUNA COM ELAS, nasceu de um pequeno e animado encontro no bar entre algumas amigas interessadas por música, cerveja e muita folia. De início eramos apenas algumas vozes e um violão, mas com o passar do tempo começámos a criar algo mais sólido e foi assim que surgiram os primeiros acordes à volta de muita algazarra.
 
O próximo passo seria escolher um nome e criar estatutos para representar o que viria a ser uma Tuna. Assim surgiu a TUNA COM ELAS.    A nossa estreia deu-se a convite da Associação Académica da Universidade dos Açores, aquando do seu aniversário a 2 de Novembro de 1996.    Acabadinhas de nascer precisávamos de quem nos apadrinhasse e ninguém melhor do que a Tuna Masculina da Universidade dos Açores  Os mui nobre TUNÍDEOS.
 
Na nossa primeira actuação apresentámos o nosso logotipo, um repertório de músicas originais (como é da praxe) e um considerável número de elementos. O logotipo nasce de um conjunto de concordâncias: a unidade entre os contornos femininos e um instrumento musical envolvidos no mundo da música.
 
As nossas músicas são inspiradas no sempre presente espírito académico, assim como no sentimento de insularidade que as ilhas emanam: saudade e nostalgia.
 
Em sete anos de existência foram muitas as nossas actuações: em vários pontos de São Miguel, Santa Maria, Flores. Também já participámos nos seguintes festivais: Noite de Serenatas Femininas 01 e IV Tricanas 99 em Aveiro, onde conquistámos o prémio de Melhor Porta Estandarte e Tuna Mais Tuna.
 
Qualquer elemento do sexo feminino pode fazer parte da TUNA COM ELAS. Terá de passar pelas regras de integração (praxe, praxe e praxe), após algum tempo, passará de caloira a semi-tunante e posteriormente, se revelar um bom espírito académico e um bom empenho nas suas actividades, aspirará a Tunante.
 
“Então, com toda a cagança e toda a pujança e com elas bem redondinhas, que é coisa que eles não têm, aqui sai um FRA...”

 

É TUNA SÃO ELAS, É TUNA COM ELAS!